A Dívida Com o Cartão de Crédito Caduca Depois de 5 anos? – Saiba Mais

Atualmente, 30% das dívidas das dos consumidores é com isso.

Publicidade

Uma boa fatia das dívidas das pessoas se encontra nas pendências com bancos e cartões de crédito.

Atualmente, 30% das dívidas das dos consumidores é com isso.

Muitas pessoas acreditam que depois de 5 anos o débito desaparece, mas será que a dívida com o cartão de crédito caduca mesmo?

O termo “caduca” ficou bastante popular, mas o correto para chamar essas dívidas é prescrita.

Publicidade

Ou seja, quando a pendência prescreve, significa que ela ultrapassou 5 anos e será retirada das listas de inadimplentes, como a da Serasa, mesmo que ela não tenha sido quitada.

A dívida com o cartão de crédito caduca depois de 5 anos? - Saiba Mais

O que acontece com a dívida do cartão de crédito?

Se o consumidor deixar um dívida no cartão prescrever, o seu nome sairá da Serasa sim. Entretanto, a dívida não deixará de existir.

Portanto, isso pode lhe prejudicar caso queira solicitar um crédito no mercado.

Publicidade

A empresa irá consultar a Serasa e o seu nome não terá mais anotações, mas a dívida ainda existe na empresa credora.

Além disso, caso você tenha alguma dívida com determinado banco e queira solicitar crédito com ele, é bem provável que não seja aprovado.

Até porque na base de dados ainda contarã com essa anotação.

Depois de transcorridos 5 anos, portanto, as recuperadoras ou até os bancos perdem o direito de cobrar as dívidas.

Publicidade

Contudo, sempre ela estará registrada, o que pode dificultar o relacionamento com as empresas.

O melhor a se fazer é pague a dívida

Publicidade

Se você ainda quiser ter crédito no mercado, seja para fazer um financiamento ou pedir empréstimo e solicitar outro cartão de crédito, é imprescindível  pagar qualquer dívida em seu nome.

Ou seja, negocie diretamente com o credor, tente pedir uma revisão do contrato para tentar um acordo.

E ai, gostou do Post?

Comenta sua opinião aqui embaixo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui