Saiba como funciona o Score do Serasa

Publicidade

Você tentou obter um cartão de crédito, empréstimos ou financiamento e as instituições financeiras rejeitaram sua solicitação? Você conhece alguém que passou por essa situação? No Brasil, essas situações são muito comuns e fazem parte do cotidiano de muitas pessoas. Principalmente daquelas com baixa pontuação score.

Por exemplo. O score Serasa é um dos principais parâmetros utilizados por instituições financeiras e empresas para verificar a condição financeira de um consumidor. Quando a conta Waxing é menor, dificulta o acesso a empréstimos e pode causar inúmeras dores de cabeça.

No artigo de hoje, explicaremos o que é a avaliação da Serasa. Como ela funciona e também daremos algumas dicas sobre como manter sua conta em um nível elevado para que você sempre tenha acesso a empréstimos no mercado financeiro. Continue lendo e descubra mais!

Saiba como funciona o Score do Serasa

Publicidade

O que é um Score Serasa?

Para entender o que é um Score Serasa, primeiro você precisa entender o que é uma classificação de crédito. É uma ferramenta utilizada pelas instituições financeiras para mensurar os riscos de não conformidade do consumidor.

É a partir da análise do rating de crédito que bancos, financistas e empresas de cartão de crédito decidem fornecer crédito ou financiamento ao consumidor.

Por exemplo, as pessoas que têm restrições de CPF devido a uma dívida geralmente têm uma pontuação muito baixa no mercado, o que limita o acesso ao crédito. Por outro lado, aqueles que possuem bons hábitos financeiros têm um resultado positivo.

O Serasa Score não é mais do que o sistema de avaliação da Serasa Experian. Uma empresa analítica e de informações para tomar decisões de crédito amplamente utilizadas por instituições financeiras e empresas em todo o país.

Publicidade

Como esta avaliação funciona?

A avaliação do Score do Serasa é individual e varia de acordo com os hábitos financeiros de cada consumidor. A pontuação varia de 0 a 1000. De acordo com a análise de pagamentos em contas correntes, o histórico de dívidas, as relações financeiras com empresas e bancos, e também leva em conta a atualização dos dados cadastrais.

De fato, o  Score Serasa utiliza três faixas de classificações:

→ De 0 a 300 pontos: alto risco de inadimplência;

→ de 300 a 700 pontos: o risco médio de inadimplência;

Publicidade

→ Mais de 700: esse é o intervalo em que há o menor risco de inadimplência.

Além das informações sobre pagamentos do consumidor, dados pessoais como idade, renda, estado civil, etc. Podem ser usados ​​para aumentar ou diminuir a pontuação, uma vez que o cálculo estatístico do sistema leva todas essas informações em consideração.

Um menor score do Serasa indica uma maior probabilidade de inadimplência e uma pontuação maior indica que o risco dos consumidores não pagarem contas nos próximos 12 meses é muito baixo. Portanto, quanto maior a pontuação, maiores as chances de emissão de empréstimos e empréstimos com melhores taxas.

Por que meu Score é baixa?

A baixa pontuação no score Serasa está intimamente relacionada aos hábitos financeiros. Um consumidor que tem dívidas em seu próprio nome ou que geralmente atrasa os pagamentos geralmente tem uma classificação muito baixa.

Aqueles que têm bom planejamento financeiro e seguem essa carta, por outro lado, tendem a ter finanças mais organizadas e, portanto, uma classificação de crédito mais saudável. Portanto, uma baixa notação de crédito é sempre um sinal de atenção.

Certifique-se de que seus hábitos financeiros sejam positivos ou negativos para a saúde de suas finanças e, com base nessa análise. Tente determinar o que pode ser melhorado em sua vida diária para que sua pontuação possa progredir com o tempo.

É importante ressaltar que a avaliação da Serasa pode ser um fator importante na tomada de decisões financeiras. Isso ocorre porque, a partir do momento em que você entende o impacto dos maus hábitos financeiros em sua conta e o acesso a empréstimos. Você geralmente cuida melhor do seu dinheiro e da sua conta como um bom pagador.

Como aumentar a pontuação do meu Score?

Aumento de notas requer paciência, dedicação e bons hábitos financeiros. No entanto, existem alguns truques que podem ajudá-lo a usar os pontos Serasa com mais rapidez e eficiência.

Dê uma olhada em alguns desses métodos para aumentar sua pontuação:

Pague suas dúvidas no prazo

O pagamento da dívida é o primeiro passo que todos devem dar para elevar o rating do Score e de outras empresas de análise financeira. Se você tem contas a pagar, cheques sem fundo e outras dívidas, a primeira coisa que você deve fazer é eliminá-las todas.

Lembre-se que uma pessoa com dívidas tem uma pontuação relativamente baixa e não tem acesso a empréstimos e financiamentos.

O segundo passo para aumentar sua conta é pagar suas contas em dia. Contas do consumidor, contas de cartão de crédito e qualquer outra obrigação financeira devem ser pagas a tempo para que sua conta não desapareça.

Por exemplo, a transferência de faturas para o débito automático pode ser uma boa maneira de evitar atrasos no pagamento de faturas e sempre manter uma alta pontuação.

Mantenha seus dados atualizados

Atualizar seus dados com base no Score do Serasa pode ser uma boa maneira de manter sua pontuação sempre alta. Atualize seus endereços bancários, seu endereço e faça alterações, se necessário.

Publicidade

Portanto, você pode atualizar constantemente seus registros no banco de dados Serasa, o que deve levar a uma maior valorização de seu nome.

Como verificar meu Score?

Quer verificar sua pontuação no Serasa Score, mas não sabe por onde começar? Basta ir ao site da Serasa Consumer e se cadastrar gratuitamente. Com esse registro em mãos, você pode visualizar sua conta de maneira simples e fácil, a qualquer momento e a qualquer momento.

Dessa forma, você pode controlar sua conta e verificar periodicamente se seus hábitos financeiros são saudáveis ​​ou precisam de melhorias.

Confira Também