Você é autônomo ou pretende ser? Saiba fazer o seu planejamento financeiro!

Publicidade

Ser um profissional autônomo é o sonho de muitos brasileiros. Crie sua própria marca, mantenha o controle das atividades e até gerencie seus negócios da maneira que desejar. A grande verdade, no entanto, é que eles estão longe de tudo o que pensam. Quem trabalha por conta própria sabe muito bem que a organização financeira é algo que precisa ser feito com cuidado. Ao contrário de um funcionário, você não tem certeza de quanto virá no próximo mês. Para ajudá-lo, separamos algumas dicas sobre planejamento financeiro para autônomos.

Obviamente, alterar a modalidade CLT tem suas vantagens. No entanto, para ter sucesso, o planejamento financeiro deve ser impecável. A principal diferença é a flutuação nos valores recebidos, e você precisa aprender a lidar com todas essas variáveis. O que você recebe é diferente a cada mês.

Por isso, preparamos este artigo para você. Queremos ensiná-lo a fazer um planejamento financeiro eficiente para autônomos! Você está pronto?

Divida as suas contas com das contas da empresa

Especialistas que sabem muito sobre esse tópico sempre concordam. E eles garantem que esse é o motivo da vida financeira de um trabalhador independente para causar problemas.

Publicidade

É muito comum que despesas pessoais sejam combinadas com despesas corporativas. Isto é um grande problema. Será necessário separar os dois e organizar tudo de maneira diferente.

Não é apenas por motivos de dinheiro, mas se você fizer essa separação. É mais fácil registrar sua declaração de imposto de renda, fazer uma anotação e até verificar se há algum dinheiro restante ou não.

Primeiro passo? Contas bancárias separadas! Ter pelo menos uma conta para indivíduos e uma para empresas.

Saiba quais são os custos fixos, seu e da empresa!

Seguindo o mesmo princípio de separação, é necessário entender quais são seus custos fixos pessoais e quais são os custos da sua empresa.

Publicidade

Esse planejamento permite obter uma visão geral dos gatos e até visualizar o que não é tão necessário e pode ser cortado.

Ah, e preste atenção especial a períodos como o início do ano. Sua conta pessoal e sua conta corporativa aumentarão. Portanto, tome cuidado para não se endividar.

Usar um gerente financeiro pode ser uma excelente opção. Você monitora todas as despesas e receitas e, portanto, tem uma visão geral segura e rápida da saúde financeira e pessoal da sua empresa.

Existem vários aplicativos fáceis de usar e muito úteis nesse tipo de monitoramento. Basta verificar qual é o melhor para você.

Publicidade

Ser um profissional autônomo é o sonho de muitos brasileiros. Crie sua própria marca, mantenha o controle das atividades e até gerencie seus negócios da maneira que desejar.

Uso do cartão de crédito com consciência

Se o cartão de crédito não é usado conscientemente, é um dos maiores inimigos do profissional autônomo. Isso ocorre porque a estamos usando gradualmente e, quando a fatura é fechada, o valor é muito alto.

Use o cartão com sabedoria, por exemplo, para ganhar mais tempo pagando contas ou até ganhando milhas.

Lembre-se sempre de que o cartão de crédito da pessoa coletiva não deve ser usado para suas despesas pessoais.

Faça uma reserva de emergência

Como dissemos anteriormente, os trabalhadores independentes precisam aprender a lidar com as mudanças nas condições do mercado. Portanto, eles devem manter seu planejamento financeiro. Ter uma reserva de emergência é muito bom para quitar dívidas inesperadas.

Sempre tente guardar um pouco, para não ficar surpreso. Os especialistas recomendam que você guarde uma quantia que cubra suas despesas por pelo menos 5 a 6 meses. O ideal é que corresponda a um período de até um ano para autônomos. O mesmo deve ser feito para sua empresa.

Invista seu dinheiro

Parece uma dica muito simples, mas muitos profissionais autônomos acabam recebendo dinheiro e mantendo-o em casa. Primeiro de tudo, isso não é seguro! Segundo, mantenha seu dinheiro parado sem obter pequenos lucros.

Como assim; Se seu dinheiro não tiver investido em algo, você perderá o poder de compra ao longo do tempo para a inflação.

Quando você investe, seu dinheiro começa a trabalhar a seu favor. Procure um investimento que tenha mais do seu perfil, avalie os riscos, a durabilidade e comece gradualmente.

Sua empresa precisa de capital de giro

Sua empresa precisa de capital de giro para continuar, mesmo que seja o mínimo a ser executado. Especialmente se você tiver funcionários que esperam receber seu salário todos os meses. Manter a saúde do seu fluxo de caixa é fundamental para que você não precise se preocupar com seus investimentos.

Caso você não o possua, a recomendação é procurar um empréstimo com taxa acessível que permita que você pague de maneira adequada ao fluxo do seu negócio. Lembre-se de que os empréstimos online devem ser uma opção e não uma rotina.

Ser precisar: Escolhendo uma linha de empréstimo online

Publicidade

Quem inicia um novo negócio e não tem dinheiro para investir … Ou mesmo os empresários que estão sobrecarregados em suas vidas particulares e foram surpreendidos por surpresas com suas contas no início do ano podem optar por um empréstimo online para liquidar suas dívidas.

Se o empréstimo pessoal se destina a suas dívidas, ele deve ser efetuado através de PF e não envolver sua empresa. Se for capital de giro, é melhor fazê-lo através do CNPJ da sua empresa. No entanto, é sempre necessário avaliar:

  • As condições de juros;
  • Taxas;
  • Tempo de liberação do empréstimo;
  • Valor a ser liberado.

A escolha de um empréstimo pessoal online costuma ser a maneira mais fácil de obter esse dinheiro rapidamente. Isso ocorre porque você conclui a simulação pela Internet e recebe o valor aprovado dentro de algumas horas.

🔸🔸🔸 Posts Recomendados 🔸🔸🔸

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui