Pagamento recorrente: Como funciona e maneiras de fazer

Se você usa serviços de Internet ou faz compras online, com certeza sabe o que é um pagamento recorrente.

Publicidade

Sabe quando contrata um serviço como a Netflix? Já pensou em ter que se lembrar dos pagamentos mensais? Para facilitar isso, a mensalidade é cobrada em um modelo recorrente.

Os métodos de pagamento estão se tornando mais eficientes e práticos a cada dia, o que não podemos recusar.

Os pagamentos virtuais surgiram precisamente para facilitar o relacionamento entre compradores e clientes, não importa onde eles estejam no mundo.

Publicidade

Como resultado, a variedade de maneiras de pagamento é grande e deve-se ter cuidado ao escolher um determinado serviço, especialmente quando se trata de pagamentos recorrentes, que se baseiam não apenas em uma única transação, mas em muitas transações ao longo de um período determinado. Afinal, o que é um pagamento recorrente?

Aproveite para ler — Qual empréstimo escolher? Saiba quais são os melhores modelos e como funciona.

Qual a definição de pagamento recorrente?

Para entender o que é o pagamento recorrente, você deve pensar em quando contrata um plano online, é como uma assinatura, ou seja, um valor mensal (ou quinzenal / semanal) por um tempo determinado pela negociação.

As empresas que trabalham com este meio de pagamento são oriundas de diversas áreas.

Publicidade

Como mencionado acima, saber o que é um plano recorrente consiste basicamente em entendê-lo como uma ferramenta muito simples e prática para quitar o pagamento do serviço prestado.

Esse serviço, nesse caso, é o que são vendas recorrentes. Suponha que você tenha um site de assinatura de vinhos e a cada mês seu cliente receba uma seleção diferente. Embora os produtos possam mudar, a taxa de assinatura é a mesma e você paga mensalmente. Programe o pagamento recorrente e tudo bem.

Oferece conveniência tanto para o cliente quanto para o provedor de serviços. No entanto, para obter bons resultados, sua empresa deve gerenciar com eficiência os pagamentos recorrentes.

Então você pode estar se perguntando. Agora que sei o que é pagamento recorrente, como funciona? Quais são as formas de pagamento para este tipo de serviço? Como podemos executar transações de forma prática e eficiente?

Publicidade

Existem várias maneiras de fazer pagamentos recorrentes online. Veja abaixo quais ferramentas são as melhores para usar. Vamos lá?

Conheça as 3 maneiras de pagamento recorrente!

Cartão de crédito:

A utilização de pagamentos recorrentes com cartão de crédito funciona como garantia de pagamento de um serviço prestado durante um determinado período.

A empresa costuma realizar uma cobrança periódica automática na fatura do cliente, dependendo do plano escolhido.

Isso contribui para:

  • Evite possíveis atrasos ou esquecimento do pagamento.
  • Evite cobrar juros do provedor ou suspensão dos serviços.

Além de proporcionar comodidade ao cliente, também dá segurança ao provedor, com mais controle sobre seus ganhos, sabendo que o pagamento será feito em determinado dia do mês.

Outra vantagem do cartão de crédito é o parcelamento. Podemos assinar uma revista e pagar em parcelas de 10 vezes consecutivas, por exemplo, com cartão de crédito.

A desvantagem dos cartões de crédito são algumas taxas, como crédito rotativo, anuidades, taxas de administração, etc.

Débito automático em conta corrente:

O débito automático, como o próprio nome indica, é uma autorização que você dá ao banco para retirar uma certa quantia de sua conta e transferi-la para outra conta específica.

Resumindo, o débito automático é uma transferência agendada para um dia do mês de sua escolha.

Como um cartão de crédito, também garante ao cliente que não há atrasos e que o pagamento recorrente é realizado no prazo. Bom para o consumidor e para o provedor.

Boleto bancário:

Outra forma de realizar o débito direto periódico é por meio do extrato bancário.

O Boleto Bancário é uma ferramenta bastante conhecida no mercado, pois proporciona segurança, principalmente para quem gosta de realizar o boleto físico para se defender de qualquer problema e / ou desacordo no serviço, ou pagamento prestado.

O boleto também é ideal para pessoas que não possuem cartão de crédito ou que optam por não ter conta em banco, evitando cobranças bancárias ou outros serviços que ocasionem débito em conta.

Uma das desvantagens do pagamento recorrente por extrato bancário é o tempo de reconhecimento do pagamento, que pode levar até 5 dias.

O cliente pode até desistir da compra ou serviço devido a possíveis inconvenientes causados ​​pelo atraso no processamento do seu pagamento.

Como controlar todas as cobranças recorrentes no boleto e cartões?

Publicidade

Portanto, para entender o que são pagamentos recorrentes, é necessário conhecer as formas de pagamento existentes no mercado. Vimos anteriormente que o cartão de crédito, o débito automático e o Boleto têm suas particularidades e facilidades tanto para o consumidor quanto para o provedor.

No entanto, existe uma linha muito ampla entre pagar e verificar esses pagamentos e assinaturas, desde que o provedor tenha que verificar.

Os pagamentos online exigem atenção, confidencialidade e proteção para que você não perca o controle e seu negócio prospere, evitando custos mais altos e problemas com o cliente. Vale a pena investir no gerenciamento de sua assinatura recorrente!

Confira Também