Empréstimo Bolsa Família: Saiba com funciona e quem pode solicitar

Além do Bolsa Família, que oferece assistência financeira à população brasileira em pobreza e extrema pobreza, também está disponível o empréstimo Bolsa Família.

Publicidade

Você verá a seguir como é fácil fazer empréstimos sendo usuários do Bolsa Família. A melhor parte: seguro, eficaz, e não é complicado!

» Veja também: Empréstimo pessoal Semear: Crédito em até 240 vezes, Saiba como contratar

Empréstimo Bolsa Família: Mitos e verdades

O primeiro ponto a esclarecer é se as pessoas com Bolsa Família podem pedir emprestado. Com todas as informações que encontramos em uma rede que qualquer um pode fornecer. Portanto, é razoável que acabemos na incerteza.

Publicidade

A verdade é, embora existam mais restrições, mas é possível conseguir um empréstimo com esse benefício.

Os empréstimos podem ser processados ​​com base na renda e com base no histórico de pagamento de contas e possíveis restrições de nome.

Resumidamente, os limites de crédito para pessoas com Bolsa Família são os seguintes:

  • Pouco dinheiro. proporcional à renda recebida.
  • Empréstimo não consignado, somente boleto bancário, carnê ou débito em conta.
  • No curto prazo, as condições podem ser limitadas em parcelas.

Entenda melhor o empréstimo Bolsa Família

Lançado em 2017, o empréstimo do Bolsa Família visa melhorar as condições dos cadastrados no Cadastro por meio do microcrédito. Dessa forma, eles podem abrir pequenos negócios e fazer investimentos para melhorar suas vidas.

Publicidade

O empréstimo do Bolsa Família é uma grande oportunidade para quem tem baixa renda. Como muitas pessoas ainda não sabem, essa opção foi feita para melhorar as condições de vida desses brasileiros. Portanto, essa aplicação só pode ser feita por quem precisa de recursos para abrir seu próprio negócio.

Eles também precisam:

  • Ter um fiador de empréstimo;
  • Possuir outra renda além do próprio benefício Bolsa Família;
  • Reconhecer e permitir que representantes legais visitem o projeto para avaliação;

Através dessa visita, você será considerado em termos de renda e patrimônio. Esta é uma questão muito importante para aprovação.

Uma das principais características dos empréstimos de microfinanças são as baixas taxas de juros e a flexibilidade na aplicação, desde o início do projeto O governo reservou US$ 3 bilhões para investir nas famílias.

Publicidade

O empréstimo médio fica geralmente entre R$ 3 mil e R$ 4 mil por empreendedor individual.

As partes interessadas devem se cadastrar e cumprir as condições estabelecidas pelo programa. Se permitido, tem uma baixa taxa de juros. Isso causa um baixo risco de inadimplência.

Empréstimo Bolsa Família

Limite de até R$ 15 mil disponível!

(Você será transferido para outro conteúdo)

É possível contratar o empréstimo online?

Os microcréditos não estão disponíveis online, a solicitação só poderá ser iniciada se for feita pessoalmente na agência da Caixa junto com a pessoa que atuará como fiador, diferente de outros empréstimos que pode aplicar através do site do banco.

Se você precisa de um empréstimo pessoal e tem uma conta bancária, você pode contratar pelo site fazendo uma simulação prévia.

Lembre-se que um empréstimo consignado com desconto de benefício direto não pode ser concluído. O limite é determinado com base na renda mensal do cliente, levando em consideração o Bolsa Família e renda adicional.

Tendo em conta que o valor não é elevado, as contas da Caixa podem ser utilizadas para se candidatar à mesma entidade jurídica.

Qual o valor máximo de contratação do crédito?

O valor do empréstimo Microcrédito Progredir varia de alguns milhares de reais a R$ 15 mil, que é o valor máximo que você pode fazer em todos os valores possíveis.

Uma pessoa pode obter o que deseja conforme as necessidades de sua organização. Se for um empréstimo pessoal que não seja um microcrédito, o valor a ser emprestado é avaliado com base em uma análise de perfil. Ele leva principalmente em conta o que os clientes recebem mensalmente.

Conheça um pouco sobre o programa Bolsa Família 

O Bolsa Família é um programa federal que visa diversificar a renda. O objetivo do programa é atingir famílias que vivem em situação de pobreza e extrema pobreza.

O projeto foi iniciado em 20 de outubro de 2003 pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por meio da Medida Provisória 132, que entrou em vigor em 9 de janeiro de 2004. Lei Federal nº 10.836.

Antes da data do pedido de benefícios. Existiam outros esquemas de transferência de receitas e, como resultado, o projeto foi acordado e ampliado.

» Você pode gostar: Conheça o novo crédito Real Fácil Caixa: Empréstimo em até 180x

Mais de 14 milhões de famílias estão atualmente se beneficiando de programas federais. O valor médio arrecadado é de R$ 186,00 que é entregue a pessoas sem ou sem trabalho regular.

O governo federal investe mensalmente cerca de R$ 2 bilhões nesse projeto, o Bolsa Família é o maior programa de ajuda do nosso país.

Publicidade

É responsável por garantir melhores condições de vida a milhares de famílias por um valor fixo por mês. Assim, crianças e adultos podem ser mais integrados à sociedade.

Para este fim O governo reconhece que as famílias precisam mais do que qualquer outra família. Portanto, o valor dos benefícios disponíveis é dividido de acordo com cada tipo de benefício que cada família recebe.

Confira Também