Caixa libera novo crédito para MEIs e PF: Entenda como funciona!

A Caixa lançou no dia 28 de março o Crédito Caixa Tem, um programa de crédito de até R$ 3.000 para microempreendedores individuais (MEIs) e pessoas físicas (incluindo os beneficiários do Auxílio Brasil).

Publicidade

Para apresentar um pedido de crédito, os interessados devem atualizar seu cadastro e a versão do aplicativo Caixa Tem, conforme orientação do banco. Segundo a Caixa, a análise pode demorar até dez dias.

Continue lendo e conheça todos os detalhes do novo crédito da Caixa!

» Leia também: Empréstimo do Banco Original 100% online: capital extra, como contratar!

Publicidade

Novo crédito Caixa Tem: Entenda como funciona!

Empreendedores individuais com conta Caixa Tem, inclusive aqueles com inadimplência no SPC e Serasa, já podem acessar as linhas de crédito.

Os microempreendedores individuais (MEIs) são outra categoria que pode solicitar empréstimo por meio do crédito Caixa Tem, com valores contratuais de até R$ 3 mil e taxas de juros a partir de 1,99% ao mês.

Basta acessar o aplicativo e escolher a opção “SIM digital” — Crédito Caixa Tem para ver se você tem direito a solicitar um empréstimo pelo App. Ao selecionar a opção, o aplicativo abrirá uma nova janela na qual o usuário poderá solicitar um empréstimo, visualizar contratos, visualizar seguros e tirar dúvidas sobre microcrédito.

Crédito para pessoa física:

  • Crédito que varia de R$ 300 a R$ 1.000 (valor liberado com base na análise de crédito);
  • Taxas de juros mensais a partir de 1,95%;
  • Parcelas de crédito com duração de até 24 meses;
  • Contratação do empréstimo pelo aplicativo Caixa Tem.

Obs.: Inclui negativados também!

Publicidade

Empréstimo para MEI:

  • O crédito varia de R$ 1.500 a R$ 3.000, dependendo da capacidade de pagamento;
  • As taxas de juros mensais variam de 1,99% a 3,60%;
  • Os prazos de pagamento são de 18 a 24 meses;
  • O empréstimo deve ser obtido pessoalmente nas agências da Caixa.

✅ NOVIDADE PARA VOCÊ ✅

Novo Crédito Caixa Tem

Limites entre R$ 300 e R$ 3.000 disponíveis!

(Você será transferido para outro conteúdo)

Crédito consignado e Auxílio Brasil: Veja a novidade da Caixa

Os beneficiários do auxílio Brasil agora poderão fazer empréstimos com o benefício como garantia. No entanto, esta opção ainda carece de esclarecimentos do Ministério da Cidadania sobre as regras.

Publicidade

“Para os beneficiários do Auxílio Brasil, não há análise de crédito e todos os bancos podem operar. O limite de desconto é de 40% do benefício. Mas ainda depende da regulamentação do Ministério da Cidadania, o que significa dar limites de prazo, de juros e a própria habilitação das instituições financeiras”, disse o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

Uma nova linha de crédito já está disponível para beneficiários do Auxlio Brasil, Benefício de Prestação Continuada, Microempreendedores Individuais (MEI) e pessoas com má reputação no SPC e Serasa.

O projeto foi implantado em colaboração com o governo federal como parte do Programa Renda e Oportunidades, que combina medidas de incentivo ao crédito com foco na minimização do impacto econômico da epidemia. Além do microcrédito, o programa antecipa o 13º salário dos aposentados do INSS, com aumento da margem consignável para os segurados e nova rodada de saques excepcionais do FGTS.

Atualização cadastral não deu certo no Caixa Tem. E agora, o que fazer?

Caso o Caixa Tem apresente o aviso “Dados incompletos” ao tentar atualizar o cadastro, o usuário deverá clicar em “OK, entendi”, e tentar novamente acessar a aba “Atualizar seu cadastro”. Caso não seja possível realizar a atualização pelo aplicativo, o cliente deve procurar uma agência da Caixa para regularizar o cadastro.

A notificação, segundo o banco, é apresentada aos clientes que possuem alguns dados cadastrais obrigatórios imprecisos e devem buscar ajuda presencial para atualizar as informações.

Se, após a alteração do cadastro, aparecer na discussão do Crédito Caixa Tem a mensagem “Atualmente você não possui nenhum crédito disponível para contratação”, significa que o pedido de empréstimo do cliente foi negado por não atendimento aos requisitos de avaliação de risco de crédito.

Outra questão que os clientes têm enfrentado é o aviso de limitação de cadastro no Caixa Tem. A Caixa orienta o cliente neste cenário a saber se há alguma limitação de cadastro em seu CPF ou se existem outras dívidas que possam comprometer a capacidade de pagamento do cliente.

Fiz a atualização do meu cadastro, qual o próximo passo?

Publicidade

Após inserir as informações solicitadas no cadastro, o cliente terá que aguardar cerca de 10 dias para saber o resultado da investigação de crédito da Caixa. Os fundos estarão disponíveis na conta Poupança Digital + do titular assim que aprovados.

A Caixa informa que em até 10 dias da atualização do cadastro, o cliente poderá simular um empréstimo no Caixa Tem e assinar o contrato caso a análise de crédito realizada automaticamente pelo aplicativo tenha sido aceita.

Confira Também