Como contratar novo Crédito Caixa Tem: Passo a passo completo!

A Caixa Econômica Federal lançou uma nova linha de microcrédito por meio do aplicativo CAIXA Tem. O empréstimo, disponibilizado pela primeira vez pelo aplicativo no ano passado, agora foi liberado para novos públicos com o lançamento da iniciativa “Sim Digital”. Veja a seguir como contratar novo Crédito Caixa Tem e as taxas praticadas no empréstimo!

Publicidade

» Leia também: Conheça o novo crédito Real Fácil Caixa: Empréstimo em até 180x

Quem pode contratar novo Crédito Caixa Tem?

Serão elegíveis ao Crédito Caixa Tem os empreendedores individuais, positivos e negativos, que exerçam alguma atividade produtiva ou prestem serviço. Também poderão solicitar microempreendedores individuais com mais de 12 meses de renda como MEI e faturamento anual de até R$ 81 mil.

A novidade é que os beneficiários do Auxílio Brasil e Benefício de Prestação Continuada (BPC) agora poderão solicitar o crédito consignado pelo aplicativo Caixa Tem. Este grupo poderá comprometer até 40% do valor mensal do benefício e não será submetido a verificação de crédito.

Publicidade

No entanto, o empréstimo para o Auxílio Brasil ainda está sujeito a uma norma do Ministério da Cidadania que rege o prazo máximo, a taxa de juros e a qualificação das entidades que vão administrar a folha de pagamento, conforme descrito pelo presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

“Enquanto o Crédito Caixa Tem já começamos hoje, o crédito consignado para o beneficiários do Auxílio Brasil não por que há necessidade dessa regulamentação do Ministério da Cidadania”, explicou Guimarães.

Como contratar o Crédito Caixa Tem: Passo a passo

Pessoa Física:

  1. Atualize o aplicativo Caixa Tem para a versão mais recente.
  2. O aplicativo está disponível para download no Google Play e na Apple App Store.
  3. O registro do aplicativo deve ser atualizado.
  4. É importante transmitir um documento de identidade digital, uma foto “selfie”, bem como a renda mensal e o endereço.
  5. Selecione a opção “Crédito Caixa Tem”.
  6. Depois, contratar Crédito Caixa Tem.
  7. Explique como você usará o empréstimo.
  8. Realize uma simulação do empréstimo e selecionando o valor, pagamentos e data de pagamento.
  9. No Caixa Tem, digite sua senha.

Os consumidores, pessoa física poderão tomar empréstimos entre R$ 300 e R$ 1.000, com juros a partir de 1,95% ao mês.

O crédito será submetido a uma análise de crédito, que determinará a capacidade de pagamento de cada indivíduo. Todo o processo é feito online. O crédito pode ser pago em um período de até 24 meses.

Publicidade

✅ NOVIDADE PARA VOCÊ ✅

Novo Crédito Caixa Tem

Limites entre R$ 300 e R$ 3.000 disponíveis!

(Você será transferido para o site oficial)

Pessoal Jurídica:

Os pedidos de empréstimo já podem ser feitos nas agências do banco, com valores que variam de R$ 1.500 a R$ 3.000, prazo de até 24 meses e juros a partir de 1,99% ao mês.

Publicidade

Você deve atender aos pré-requisitos listados abaixo:

  • Ser correntista da Caixa;
  • Possuir faturamento como MEI a mais de 12 meses;
  • Apresentar os documentos pessoais e da empresa, e um comprovante de residência.

Qual é o prazo para receber o empréstimo no Caixa Tem?

Conforme a Caixa, se você for empresário individual, o dinheiro estará na sua conta em até 1 hora após a contratação do empréstimo. Os recursos de empréstimo para MEI ficam disponíveis no mesmo dia em que são contratados.

Não está conseguindo entrar no Caixa Tem?

Publicidade

A Caixa informou na tarde do dia (28) que o aplicativo Caixa Tem recebeu mais de 6,3 milhões de acessos até as 14h. Na segunda-feira, mais de 1 milhão de clientes alteraram seus dados cadastrais para acessar o Crédito Caixa Tem e outros 1,5 milhão solicitaram empréstimo pelo aplicativo.

Com isso, muitos clientes vêm tendo dificuldade em usar o aplicativo Caixa Tem nos últimos dias. Com milhares de pessoas que buscam o microcrédito, o programa é utilizado por milhões de brasileiros que recebem o Auxílio Brasil e outros benefícios, como o auxílio Pis/Pasep, pago esta semana.

Até agora, nenhuma solução foi encontrada para evitar problemas ao visitar o programa. A Caixa exorta o usuário a assegurar que o programa está atualizado para a versão mais recente e a acessar ao mesmo em horários alternativos.

Confira Também